Shine Your Light

Que tal uma espiadinha?

Posted on: 11/01/2012

A questão não é se BBB é uma porcaria influenciadora da massa não-pensante ou não. A televisão é. Vejo tanta reclamação pelas redes sociais alheias mas, se prestarmos atenção, são aqueles mesmos que fazem comentário sobre novelas. O que o sujo quer falar do mal lavado? BBB é tão diferente assim de qualquer outro programa televisivo? Será que os que tanto reclamam de BBB estão preocupados com coisas mais relevantes ou falam isso só pra aparecer e pagar de intelectual?

“Nossa, que futilidade. Vamos nos preocupar com outras coisasl?” disse a pessoa que odeia livro e acompanha a novela da 15h, das 18h, das 19h, das 21h, das 23h……….
É indiscutível que haja coisas a mais com o que se preocupar, mas será que se preocupam? Dentre tantos problemas que vivenciamos, BBB é o menor deles!

Infelizmente, dos programas de televisão, Big Brother Brasil é o mais apelativo. As pessoas sorteadas (risos) são justamente aquelas que vão dar ibope, aquelas que fazem parte de uma geração modista e que vão prender a atenção dos telespectadores.  E como prendem!

Essa é a famosa padronização imposta de cima para baixo. Enquanto houver a MASSA alienada, haverá maiores tentando manipular. A televisão massifica qualquer elemento pensante pra te induzir a acreditar que tudo o que foi dito ali é verdade, sem modificação para mais ou menos. Isso solidifica comportamentos “revolucionários”, então, quem vai questionar? Como já dizia Renato Russo, Até há pouco podíamos mudar o mundo; quem roubou nossa coragem?

Mais uma vez, o problema específico não é UM programa, mas OS programas, que pelo nome já se entregam. Do que adiantar ter um “controle” se já tá tudo programado? Só não vem chamar os participantes de HERÓIS, porque minha concepção de HERÓI não são pessoas de classe média sofrendo na banheira de hidromassagem lutando pra ganhar 1 milhão de reais.

Anúncios

1 Response to "Que tal uma espiadinha?"

O mais interessante é que pra maioria das pessoas se você tem uma opinião dessas você que é o estranho… como se se importar mais com o que vai acontecer à mocinha da novela do que com o menino “vagabundo” que pede esmola no farol fosse muito normal. Minha flor, é reconfortante saber que ainda existem pessoas que pensam assim no meio de tanta auto-alienação no mundo. Parabéns pelo texto. (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: