Shine Your Light

“E eu, o que faço com esses números?”

Posted on: 25/06/2011

Hey, mãe! Eu tenho uma guitarra elétrica. Durante muito tempo isso foi tudo que eu queria ter. Mas, hey, mãe… alguma coisa ficou pra trás; antigamente eu sabia exatamente o que fazer


Bendita internet! Ela, que passou por momentos bem contrastantes. Ora prejudicial, ora benéfica. Diversos programas de tv (sem querer manipular, claro que não) falavam ou ainda falam, de modo negativo, sobre a juventude e a internet. Não sei em que mundo eles vivem, mas é bem explícita a importância da internet na atual sociedade.

Acredito que a maior parte da população brasileira tenha acesso à internet, e para um estudante, ter um computador significa ter milhares de informações para deixar seus trabalhos mais completos. Além de que, pela internet, até os mais alienados acabam se conectando mais às notícias, seja pelo google, seja pelo wikipedia, ou até mesmo pelos “TT’s” do twitter.

Não só no quesito de estudos, mas também na comunicação, a internet é bastante útil. Há até aqueles que vivem soltando “maldita inclusão digital”, mas que de maldita não tem nada. Matar a saudade de amigos, ver familiares ou conversar de modo prático e de baixo custo era mesmo o que precisávamos.

Uma reação a rápida ascensão das novas tecnologias são as crianças, que, a partir de 3 anos (falo pelas minhas irmãs), já têm seus computadores e seus vícios. Com  tanta facilidade nesse início de vida, é nítido que elas mostram maior interesse pelas coisas da tendência, pela leitura, por querer aprender fazer contas de matemática mais rápido por causa dos jogos online etc.

E o mais atual caso, ou nem tanto, são as Revoltas Árabes. Revoluções combinadas a partir de redes sociais: quem imaginava?

O que preocupa grande parte da população (nossos queridos responsáveis) é o quanto esse vício pode prejudicar a sociabilidade da juventude fora da internet. Por essas e outras (que outras?), especialistas não se mostram com expectativas para o assunto, receosos quanto aos efeitos psicológicos que isso tudo pode gerar.

Mas fala sério, quem aqui ainda conseguiria viver sem um Google da vida?

Anúncios

10 Respostas to "“E eu, o que faço com esses números?”"

Hoje em dia não tem mais como fugir disso!

Eu nem consigo me imaginar sem internet

sao tempos q sempre voltam
mesmo após se encontrar

VIVA ENGHAW!

Não consigo me imaginar sem internet, é um vicio, e ás vezes a net só contribui p/ q o ter seja mais importante do q o ser

Antigamente quando se queria ter uma letra de uma música e não se tinha grana para comprar um vinil, era necessário ficar com os ouvidos colados no rádio, esperando a música passar, várias e várias vezes…

Hoje é só abrir o site de letras e pronto…

Tudo muito fácil e tudo muito volátil também…

estamos todos conectados! já era…

Na minha época era tudo mais difícil. Pesquisas escolares, eram feitas depois de ler e reler livros antigos. É uma pena que as crianças de hoje em dia já estão crescendo com esse tipo de coisa.

Uma pena mesmo.

Que crítica maravilhosa. Penso muito parecido com você. Ainda hoje existem programas e mais programas de televisão que criticam o uso da internet pelos jovens. O que as pessoas não entendem é que o ambiente cibernético é um forte ponto de encontro para os jovens, que é ali onde se preparada para “o mundo lá fora”. Ora, quantos amigos não fiz pela internet?

O curioso também é que essa sociedade como a temos foi muito pouca prevista. O que aconteceu foi uma ficção científica que se tornou real e ficamos todos imersos nela. As máquinas venceram.

Gostei!!!!!!!!!!!!!!!
Voltarei aqui mais vezes!

Gostaria que me seguisse tbm:

http://www.universoficcao.blogspot.com

E se possível, comentar as postagens! Abraço!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: